tente outra cor:
tente outro tamanho de fonte: 60% 70% 80% 90%

Tenha sempre atualizado seu controle de internet!

A internet como sabemos, nos traz grandes benefícios no dia-a-dia, agilizando rotinas de trabalho, facilitando a comunicação, além da rapidez nas pesquisas e trocas de informações.

Porém, se não tiver um controle efetivo, um controle eficaz, pode trazer grandes problemas, como perda de tempo em sites que não fazem parte do trabalho, e entrada de vírus, trojans e worms nas estações dos usuários ou em toda sua rede.

Num primeiro momento, apenas criando uma política de proxy, e bloqueando os sites que a empresa não autorizasse, era possível ficar seguro e tranquilo com a navegação dos usuários.

Mas, a cada dia que passa, a cada momento, surge novos sites impróprios, novos vírus, novos endereços de internet altamente perigosos, e fez com que as empresas tomasse 02 atitudes: a primeira, bloquear tudo, e só liberar os sites que fizesse parte do trabalho. Já a segunda, delegar para os administradores de rede a responsabilidade de analisar os relatórios de internet de seus funcionários, e ficar bloqueando endereço por endereço.

Bloqueando tudo, também tem seu problema, pois faz com que os administradores de rede a todo momento tenham que ficar liberando acesso a internet de sites do trabalho, tomando tempo do administrador para se concentrar em serviços mais úteis para a empresa.

Para facilitar todo esse trabalho, foi criado comunidades dedicadas a armazenar em um banco de dados, sites impróprios, que contenham vírus, trojans, worms e outros softwares considerados malware.

A partir daí, o servidor proxy todo dia é programado a buscar essa lista automaticamente, mantenho sua base de bloqueios sempre atualizada.

Lista de bloqueio de site atualizado

Como vemos no desenho acima, as estações ao acessarem algum site, é enviado essa requisição no servidor proxy. O mesmo ja foi atualizado, com as informações de sites com vírus, trojans, worms, e algum tipo de malware. Se o site que o usuário for acessar fizer parte dessa lista, será automaticamente bloqueado.

A lista de bloqueio automatico tem como principais tarefas:

  • Coleta: O sistema bloqueia automaticamente URL's que apontam para extensões perigosas;
  • Análise: A cada URL é analisado para detecção de presença de  malwares.
  • Bloqueios: Fornecem lista de bloqueios em 29 formatos.
  • Alerta: Os proprietários de domínios e hospedagem recebem alertas por email se possuem problemas sob sua responsabilidade
  • Monitor: URL's infectadas são monitoradas para garantir a lista de bloqueios sempre atualizadas.

Ativando essa solução você tem uma maior garantia na navegação dos seus usuários, ficando mais dificil eles acessarem sites que contenham conteúdo maliciosos, e faz com que os administradores de rede fiquem focados em trabalhos mas úteis para sua empresa.

Gostou dessa solução, clique aqui, e peça maiores informações.