tente outra cor:
tente outro tamanho de fonte: 60% 70% 80% 90%

Virtualização: Rode vários serviços e sistemas operacionais numa mesma máquina

O que é virtualização? virtualização é o processo de executar vários sistemas operacionais em um único equipamento. Uma máquina virtual é um ambiente operacional completo que se comporta como se fosse um computador independente. Com a virtualização, um servidor pode manter vários sistemas operacionais em uso.

De acordo com o IDC, a virtualização está a caminho de se tornar uma prática “padrão” entre as mil maiores empresas do mundo, listadas no ranking Fortune 1.000. Segundo dados da Forrester Research, mais de 40% das empresas norte-americanas já abraçaram a tecnologia.

virtualizacao

Hoje, as práticas comuns das empresas são de utilizar servidores separados, para hospedar as aplicações da empresa, como Banco de Dados, servidor de e-mail, servidor de arquivos, firewall/proxy, etc.

Um dos maiores problemas desse modelo adotado, é que o mesmo aproveita mal os recursos das máquinas, em média os servidores utilizam-se apenas de 5% a 10% dos recursos das máquinas.

Com o objetivo de reduzir os custos de administração e manutenção e centralizar o trabalho da equipe de tecnologias, as empresas procuraram um novo conceito: utilizar equipamentos mais potentes, com mais recursos de processamento e espaço em disco, para hospedar as mais diversas aplicações da companhia.

Assim, a virtualização ganhou forças, dando a opção de rodar paralelamente, em um mesmo servidor, diversos ambientes operacionais independentes. Existem diferentes formas de emular estas estações virtuais em um unico servidor. A maneira mais simples é a instalação de uma camada de software de virtualização - fornecido por empresas como a VMware, a XenSource e a própria Microsoft - sobre o hardware, que permite a criação das máquinas virtuais que  podem rodar sistemas operacionais diferentes, como Windows, Linux e Unix.

“A virtualização atende a uma necessidade das companhias por maximizar os ativos existentes, fazendo mais com o mesmo. O balanceamento de responsabilidades e de uso reduz a necessidade de compra e elimina o custo de ociosidade. É uma tecnologia que tem grande apelo, pois traz resultados claros para a área financeira”, enfatiza Daniel Domeneghetti, sócio-fundador da E-Consulting e CEO da DOM Strategy.

Uma outra grande vantagem da virtualização é que é possível manter estações virtuais rodando aplicações redundantes, permitindo que, no caso de pane em um ambiente, o outro seja utilizado como recurso de contingência. Além disso, com a ajuda de outros softwares, é possível ainda
mover estações virtuais para hardwares diferentes, em caso de um problema físico, evitando assim a perda de produtividade.

De acordo com dados da VMware, a virtualização, combinada à consolidação de servidores, reduz em até 53% os custos com hardware e 79% os custos operacionais, gerando uma economia média de até 64% para a empresa que adota a solução

Maiores informações, entre em contato conosco clicando aqui