tente outra cor:
tente outro tamanho de fonte: 60% 70% 80% 90%

O sistema aberto de arquivos de cluster para ambientes corporativos - Red Hat GFS

Imagine adiministrar um cluster de servidores como se fosse apenas um único servidor? Isso é possível com o Red Hat Global File System (GFS), assim você pode aumentar os benefícios do clustering e redução dos custos da sua estrutura. O RedHat GFS permite a um cluster de servidores Linux compartilhar dados em um conjunto comum de storage (armazenamento, permitindo a sua estrutura:

  •  Simplificar de forma geral sua infra-estrutura de dados;
  •  Instalar e aplicar patches uma única vez, para todo o cluster;
  •  Reduz a necessidade de cópias repetidas de dados;
  •  Facilita nas tarefas de recuperação de desastres e backup;
  •  Aumenta o uso de recursos do storage e diminui os custos dos mesmos;
  • Possibilidade de administrar sua capacidade de armazenamento como um todo versus partição;
  • Diminuição suas necessidades de armazenamento geral reduzindo a duplicação de dados;
  • Escalação de clusters de maneira simples e transparente, incorporando armazenamento ou servidores;
  • Acabou seu problema de armazenamento particionado com técnicas complicadas;
  • Adicione servidores simplesmente armando-os ao sistema de arquivo comum GFS;
  • Consiga o máximo tempo de produtividade da aplicação.

O RedHat GFS habitualmente é utilizado em clusters de aplicações de empresas para dar uma imagem de sistema de arquivos nos nodos do servidor. Isso permite aos nodos do cluster ler e escrever simultaneamente a um único sistema compartilhado de arquivos. Os clusters de aplicações habituais onde Red Hat GFS é implementado são:
  • Banco de dados - incluindo Oracle RAC;
  • Servidores de web e aplicações;
  • Aplicações domésticas;
  • Clusters de computação de alto rendimento .

Nossa solução inclui:

  • Instalação;
  • Primeiros passos;
  • Treinamento;
  • Documentação;
  • Suporte Técnico de 30 dias.

Entre em contato conosco, clicando aqui para saber mais detalhes.

 

Responder

  • Endereços de páginas de internet e emails viram links automaticamente.
  • Allowed HTML tags: <a> <em> <strong> <cite> <code> <ul> <ol> <li> <dl> <dt> <dd>
  • Linhas e parágrafos quebram automaticamente.

Mais informações sobre opções de formatação